Desfiladeiro

Uma compresso do Plexo Braquial - conjunto de cinco razes que saem da medula no pescoo, comunicando-se entre si, dando origem a todos os nervos do membro superior.

Descrita pela primeira vez em 1627 pelo mdico Ingls William Harvey como um aneurisma comprimindo o Plexo Braquial. Mayo emrito mdico Americano, em 1835, descreve toda a sintomatologia provocada por um aneurisma da artria subclvia. Em 1860 Willshire descreve a presena da COSTELA CERVICAL provocando os mesmos sintomas. Em 1906, Murphy dos EUA que descreve a importncia do msculo escaleno anterior nessa patologia. Em 1903 Bramwell relata a importncia da primeira costela e em 1910 o Australiano MURPHY realiza sua resseco. Essa cirurgia no inicio do sculo XIX era bastante complicada pela falta dos meios atuais de anestesia e antibiticos. Em 1927 Adson e Cofey propem a seco do escaleno anterior como simplificao da terapia cirrgica, utilizada at os anos 60 pela simplicidade apesar de alta taxa de maus resultados.

O quadro clnico no depende apenas da compresso arterial. A trombose da veia subclvia foi descrita com Sndrome de PAGET-SCHROTTER em 1875 e 1884. Em 1945 Wright insiste sobre a importncia das compresses pediculares como causa das compresses, chamada tambm sndrome de hiper abduo - brao elevado ao mximo.

Nos anos 60 aparecem indicaes de resseco da clavcula e da primeira costela tanto por via anterior como por via posterior, praticada pelos cirurgies torcicos. Um deles, tornou-se um dos pioneiros da cirurgia da mo Francesa - Marc Iselin.

Roos em 1966, cirurgio Americano prope a resseco da primeira costela por via axilar. Os seus resultados obtidos em 1300 casos operado na poca, pelo seu rigor tcnico, no foram acompanhados por outras equipes. Foram publicadas sries com graves complicaes obtidas. O tratamento cirrgico por resseco da primeira costela foi 21% das queixas nas companhias seguradoras americanas com 15.000 queixas entre os anos de 1975 a 1978. O prprio Roos em 1982 passa a indicar a resseo total do msculo escaleno anterior, em alguns casos, sem ressecar a primeira costela.

Com o progesso da cirurgia do plexo braquial no adulto - Narakas, Milesi, Alieu, Alnot (Suia, Austria e Frana) e Alain Gilbert na cirurgia do plexo obsttrico e novos estudos anatmicos como o de Poitevin em 1980 que mostra todos os elementos anatmicos que comprimem o plexo braquial.

Causas

Com os trabalhos anatmicos a partir dos anos 70, ficaram conhecidos todos os elementos que participam da compresso do plexo braquial, como podemos na figura seguinte.

I - Desfiladeiro do Sistema Elevador da Pleura - O sistema elevador da pleura foi descrito por Sebileau em 1892, composto de trs estruturas provenientes da stima vrtebra cervical e da primeira costela que suspendem a pleura - estrutura anatmica que envolve os pulmes. Comprimem as razes baixas C8 e D1 que originam fibras dos nervos mediano e ulnar que inervam msculos que movem o antebrao e mo e so responsveis pela sensibilidade da mo. De uma maneira simplificada o polegar, indicador e mdio so inervados pelo mediano e anular e mnimo pelo nervo ulnar.

II - Desfiladeiro Inter Escalnico - A artria subclvia e o Plexo Braquial esto localizados entre os msculos escalenos anterior e mdio. Pode existir um msculo escaleno intermedirio ao mesmo nvel do ligamento septo costal que causa a compresso do Plexo Braquial. Em 1986 Machendler e colaboradores mostram que o escaleno anterior predominantemente formado de fibras do tipo I, de contrao lenta e, portanto, mais propensas s contraturas.

III - Desfiladeiro Costo Clavicular - Espao compreendido entre a clavcula e a primeira costela. Diminui com o brao elevado ao mximo - Hiperabduo e com o enfraquecimento muscular, descida do ombro, peso, hipertrofia mamria.

Regio Clvio-Peitoral - (Entre a clavcula e o msculo peitoral) O ligamento craco-clavicular est em relao direta com a veia subclvia e pode participar da sua compresso.

Regio Posterior do Msculo Pequeno Peitoral - Regio delimitada anteriormente pelo msculo pequeno peitoral e posteriormente pela parede da axila. Pode tambm comprimir o pedculo vsculo-nervoso.

Regio Anterior da Cabea do mero - Quando o brao est aberto e para trs (Abduo e retropulso) o plexo vsculo-nervoso est em contato com a cabea do mero. importante lembrar de uma anomalia congnita, a presena do msculo de LANGER (11) que comprime, quando presente todas as estruturas.

Alm dessas estruturas a presena de COSTELA CERVICAL pode comprimir tambm todas estruturas vsculo-nervosa do plexo braquial. Est presente, segundo vrios autores entre 0,004 a 1% da populao, 3 vezes mais frequente na mulher, 50% dos casos bilateral. Sintomtica apenas em 5 a 10% dos casos.

Sintomas

Dor, dormncia, peso nos braos, dificuldade de portar pesos e elevar os braos.

Toda sintomatologia nervosa se traduz por formigamento, dormncia e em casos mais graves ou avanados, paralisia. Outras compresses nervosas tambm se manifestam da mesma maneira, sendo necessrio o especialista identificar o local da compresso. sabido que um nervo quando comprimido em um local h bastante mais chance de ser comprimido em outro, como foi descrito por Delon - Double Chush Syndrome - compresso em duplo estgio.